↑ Return to Em Português

Print this Page

Como soldar a estanho

Vou explicar uma maneira fácil e altamente eficaz de soldar componentes com estanho. Vou também dar algumas dicas para ultrapassar o problema da solda agarrada ao ferro, ou “solda queimada”.

Notice

Este tutorial destina-se apenas a quem nunca fez soldaduras. Se te sentes à vontade, lembra-te que estamos sempre a aprender uns com os outros, mas este tutorial não é provavelmente para ti.

Para explicar, vou usar como exemplo a soldadura de uma placa perfurada.

Reparem que de um lado da placa há anéis de cobre em volta dos buracos. Esta é a parte de baixo da placa e os anéis são chamados de “pads” ou “donuts”.

De uma maneira geral, os componentes são introduzidos no topo da placa e soldados nos “pads”, na parte de baixo.

Neste exemplo, vou utilizar um LED e uma resistência.

1. Inserir o LED

2. Aquecer as superfícies

Como podem ver na imagem, encostamos o ferro de soldar simultaneamente à “perna” do LED e ao pad.
Espere uns segundos e seguidamente, encoste o fio de solda no lado oposto da perna do LED.

O que se verifica? A solda irá agarrar-se em torno da perna e preencher todo o anel. Porquê? Porque as superfícies estão quentes o suficiente para a solda (líquida) as percorrer.

Para arrefecer a solda mais rapidamente, podem, e devem soprar.

Nota: Nunca, em qualquer circunstância, deve adicionar-se solda directamente ao ferro.

Deve ficar com o seguinte aspecto:

Como podem ver, na perna de cima, há ainda uma falta de solda na parte inferior. O que deve ser feito? Adicionar um pouco mais de solda, utilizando o mesmo método.

Como podem verificar, a perna de cima do LED está dobrada para o lado. Vamos usá-la como um caminho, para conduzir a energia eléctrica. Para o efeito, poderíamos também usar um jumper ou um pouco de fio. São os métodos mais usados quando trabalhamos com placas perfuradas.

A soldadura deve ser o mais eficiente possível, isto é, solda a mais na placa perfurada pode tornar-se um desastre. Podem cruzar-se linhas, o que pode originar curto-circuito. Estes são geralmente difíceis de identificar e corrigir.
Por outro lado, se usarmos solda a menos, as ligações não são suficientemente robustas. Para além disso, é mais fácil adicionar solda do que retirar.

Deve tentar-se também não aquecer demasiado a solda. Uma boa soldadura é limpa e brilhante, não é castanha e baça.

Finalmente, usem, tanto quanto possível, alicates para não sofrerem queimaduras. O ferro de soldar está normalmente à volta dos 350ºC.

Continuando, vou adicionar uma resistência de 220Ω.

Cortem as pernas para que as pontas fiquem o mais próximo possível. Soldem-nas.

Agora só falta adicionar os fios para o Positivo e Negativo.

Depois de terminarem, podem ceder 5v ao circuito e o LED irá acender.

E terminámos! Se tiverem dúvidas, sinta-se à vontade para enviar um e-mail ou deixar um comentário nos post, que eu irei responder o mais breve possível.

Fonte: http://itp.nyu.edu/physcomp/Tutorials/SolderingAPerfBoard

Permanent link to this article: http://ricardo-dias.com/pt/como-soldar-a-estanho/

13 comments

Skip to comment form

  1. rc helicopter

    Glad to visit this blog, keep it going.

    1. Eduardo - Brasil

      Legal, mas qual a potencia do seu ferro de solda, 40 ou 60w

      1. Ricardo Dias

        Boas Eduardo

        Uso actualmente um ferro de 30W e outro para soldar SMD de 15W.

        Melhores cumprimentos,
        Ricardo

  2. Allan - Brasil

    Olá, sou iniciante no assunto e quero saber quando se trata daqueles fios bem fios do painel frontal de um computador, devemos sempre soldá-los às pernas do LED, ou não necessariamente?

    Muito obrigado.

    1. Ricardo Dias

      Boas Allan.

      Será que pode postar uma foto para perceber melhor a sua dúvida?

      Cumprimentos,
      Ricardo

  3. Denis

    Jòia! Fiz eletrônica há tempos e ainda achava que tinha que colocar solda na ponteira do soldador!

    Não tem problema esquentar pernas de CI´s e transistores, por exemplo?

    1. Ricardo Dias

      Boas Denis.

      Tens mesmo de aquecer “as pernas” dos componentes, senão a solda não agarra.
      Convém é usar o bom senso e tentar fazê-lo pelo menor período de tempo possível.

      Cumprimentos,
      Ricardo

  4. Tiago Souza

    olá gostaria de saber aonde você comprou a placa padrao?

    1. Ricardo Dias

      Olá Tiago.

      Em qualquer casa de electrónica pode encontrar Veroboard à venda.
      Se não estiver acessível, no ebay também se arranja.

      Cumps,
      Ricardo Dias

  5. Marcos

    Olá, eu trabalho em uma fabrica que confecciona bolsas e mochilas, e é usado muitos aparelhos para fazer acabamentos etc…, é uma solda mais pesada, rústica, aprendi que é preciso usar um tipo de acido, para fazer a solda pegar , você poderia me explicar melhor o assunto, obrigado

  6. diego

    amigo estou tentando fazer pontes no conector micro usb de um celular que arrancou as ilhas da placa porem é tudo muito minusculo ja me falaram que eu preciso de um fio de cobre esmaltado e estou achando meu ferro de solda que é de 40 w muito grosso para esse serviço. gostaria de saber quais materiais voce indicaria nesta operação tipo que tipo de fio que tipo de ferro ou solda desde ja obrigado

  7. TOM VARGAS

    Amigo, estou com dificuldades para soldar sobre a base de um potenciometro (desses comuns em gruitarras, no caso o CTS 250K) a solda não gruda. Tentei varias vezes, no restante do circuito, onde eu sobre sobre as hastes a solda gruda muito bem. Uso ferro 40W e estanho fino com pouca pasta. Alguma dica?

  8. mansur

    alo amigos.tou em mocambique e tenho uma duvida.por vezes quando queremos soldar algo ca em casa,o estanho nao pega.quando e por exemplo aluminio,esmalte,etc,o que fazer?ca em africa,os africanos usam akele liquido q tem dentro do capacitor.esfregam um pouco na chapa a soldar e o estanho pega logo.mas ha uma outra tecnica?por favor me respondam para meu email mansoorsidi@hotmail.com
    agradecia imenso

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *